Vou me casar, e agora? Saiba por onde começar - Internovias
Agende um horário!

Vou me casar, e agora? Saiba por onde começar

Vou me casar, e agora? Saiba por onde começar

Você foi pedida em casamento, já comemorou o noivado, contou para todas as pessoas mais próximas e está muito feliz. Mas, em um belo dia, você acorda e a ficha cai: “vou me casar, e agora?”, você se pergunta, ao se dar conta da quantidade de coisas que precisa resolver sem saber por onde começar.

Não se preocupe. Ou melhor, preocupe-se sim, mas de um jeito positivo e feliz. A “pré-ocupação” é quando você fica ocupada com um fato que vai acontecer posteriormente e ocupar-se previamente com tudo o que diz respeito ao seu casamento será um dos tempos mais bem gastos de toda a sua vida.

Preparar o grande dia deve ser tão prazeroso quanto participar dele. Você vai tomar várias decisões para deixar tudo como você sempre sonhou.

Por isso, mesmo sabendo que a ansiedade vai aparecer de vez em quando, você deve viver esse momento de preparação de uma maneira leve e agradável.

Este artigo é para as noivas que ainda estão no início do processo de organização do casamento, sabem que têm muitas coisas para resolver, mas não sabem por onde começar.

Nos tópicos seguintes, vamos falar sobre os quatro pilares do início do planejamento de um casamento: os seus sonhos, a definição do orçamento, o estilo da cerimônia e a escolha do vestido de noiva.

Vou me casar, e agora? Agora você vai listar os seus sonhos

Por mais que existam convenções quanto às cerimônias de casamento, é muito forte a tendência da personalização.

Para muitas mulheres, o casamento é uma oportunidade rara de fazer valer todas as suas vontades. E é assim que deve ser.

A noiva é o centro das atenções e também das decisões. Então, se você sonhou com um casamento clássico, liste os itens que são essenciais à concretização dessa cerimônia.

Mas, se o seu sonho é romper com todas as expectativas e fazer tudo diferente, faça uma lista das coisas nas quais você pretende inovar.

Nesse momento de trazer à tona todas as ideias e planos que você já teve com relação à realização do seu casamento é que surge o esboço do que será o grande dia.

Falamos sobre a ideia mais geral de casamento tradicional ou inovador, mas a sua lista deve englobar cada detalhe que faça parte dos seus sonhos.

Você sonhou que no cardápio da sua festa estaria presente aquele doce que você ama desde criança? Coloque o nome do doce na sua lista!

Se você sonhou com um vestido de uma cor que não seja o branco e com um estilo despojado e moderno, coloque isso em sua lista e já será possível procurar inspirações.

Em resumo, os seus sonhos em relação ao casamento são o princípio de todas as buscas e decisões.

Mas não basta só lembrar deles. Anote cada detalhe. É a partir desse registro que você vai traçar metas e tarefas e desenvolver todo o seu planejamento.

Segundo passo: definir o orçamento

Definir o orçamento talvez seja a tarefa menos divertida entre todas as que os noivos precisam assumir.

Trata-se de saber exatamente o valor que vocês estão dispostos a investir no casamento. É preciso saber quanto dinheiro vocês têm disponível para custear todas as despesas.

E isso pode ser complicado, porque, ao longo da preparação para o grande dia, novas demandas vão surgindo e vocês podem sentir vontade de acrescentar itens que não estavam planejados.

Por essa razão, recomendamos que você defina não só o orçamento geral do casamento, mas o distribua entre os diferentes itens necessários.

Faça uma tabela com tudo o que você precisa contratar para realizar o casamento. Nela devem estar presentes itens como decoração, vestido, aluguel do espaço para eventos, buffet, cerimonialista, dia da noiva, DJ ou banda, lembrancinhas, convites, fotografia, filmagem e o que mais você lembrar ou achar importante.

É claro que, à medida que você for fazendo as contratações, determinado item pode sair mais barato ou mais caro. Nesse caso, você vai redistribuindo o orçamento.

O importante é ter um controle para manter o orçamento total inicial e não fazer dívidas além do esperado.

Em sua tabela de itens e custos, você deve colocar também um valor estimado para itens “extras”, ou seja, aqueles detalhes não planejados inicialmente, mas que você vai querer acrescentar.

Hora de escolher o estilo do evento

Existem várias possibilidades de estilo para cerimônias e festas de casamento. Você pode escolher uma com o qual você se identifique ou seguir o seu próprio estilo.

Mas dentro desse item, você precisa definir também a quantidade de convidados e o horário da cerimônia.

Esses são detalhes que se interligam totalmente ao estilo do casamento, pois uma cerimônia intimista, por exemplo, dificilmente vai atingir seu objetivo se você tiver uma lista enorme de convidados.

Por outro lado, um casamento rústico no campo terá toda a sua decoração mais valorizada se for realizado durante o dia.

Então, pense nesses aspectos conjuntamente: estilo do evento, lista de convidados e horário.

Sobre o estilo, especificamente, quando você seguir o nosso primeiro conselho e listar os seus sonhos referentes ao casamento, provavelmente alguns estilos que combinam com você já vão se destacar.

Se você sonhou, por exemplo, com um casamento cheio de brilho na decoração, um vestido no modelo princesa, lustres, espelhos e móveis elegantes, isso pode ser uma indicação de que o estilo clássico é o ideal para você.

Mas se você faz questão de se casar em contato com a natureza e com uma vibe mais singela, o estilo boho é uma boa opção.

Existem possibilidades para todos os gostos e você inclusive pode mesclá-las. Que tal um casamento industrial que também tenha uma pegada vintage?

O tão sonhado vestido de noiva

O quarto pilar do início da organização de um casamento, mas obviamente não menos importante que os demais, é a escolha do vestido de noiva.

Pode ser que você já tenha definido o seu vestido dos sonhos quando falamos do primeiro pilar (lista de sonhos) ou pode ser que você ainda não tenha pensado sobre como deseja se vestir no grande dia.

Nos dois casos, você precisa buscar uma lista de inspirações. Crie uma pasta com fotos de modelos que você gostou e procure identificar o que eles têm em comum.

A princípio, você pode fazer uma seleção extensa, mas aos poucos deve diminuí-la até chegar à ideia exata de como você deseja o seu vestido de noiva.

Chegando a um bom nível de precisão nas inspirações, você consegue responder a algumas perguntas fundamentais, como as seguintes:

  • Qual será o modelo do vestido?
  • De que tipo de tecido será feito o vestido?
  • A saia será volumosa? Qual será a quantidade de volume?
  • Qual será a cor do vestido?
  • O vestido terá alguma aplicação? Se sim, qual e em quais partes?
  • Como será o decote do vestido?
  • Como serão as mangas do vestido? Ele terá mangas?
  • Qual será o comprimento do vestido?
  • O vestido terá cauda?

Assim como ocorre no orçamento do casamento, quando o assunto é o vestido de noiva, é importante pensar não só nele como um todo, mas também em suas partes.

Outra dica que vai te ajudar muito não só na escolha do vestido, mas na organização do casamento todo é acompanhar o nosso blog.

Com frequência publicamos aqui artigos sobre os mais diversos detalhes referentes a casamentos e com certeza alguns deles serão úteis para você.

Ao iniciar a leitura deste artigo, você estava se perguntando: “Vou me casar, e agora?”. Agora você já conhece os quatro pilares da organização de um casamento para iniciar os seus planos e pode, inclusive, começar a fazer sua lista de inspirações para vestidos de noiva, conhecendo as nossas coleções. É só clicar aqui para encontrar o seu vestido de noiva dos sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Internovias • Todos os direitos reservados